Marcelo Coelho

É mestre em sociologia pela USP e membro do Conselho Editorial da Folha de São Paulo, jornal para o qual contribui regularmente.

Escreveu: Patópolis, Montaigne, Trivial variadoA professora de desenho, Gosto se discute e Noturno.

Participou das seguintes coletâneas: A crise da razão, O silêncio dos intelectuais, Ensaios sobre o medo, O esquecimento da política, Vida, vício, virtude, Mutações: a invenção das crenças e Mutações: fontes passionais da violência e Mutações: o novo espírito utópico.